Autodescrito como “defensor do Dharma; samurai intelectual”, Ken Wilber criou uma estrutura abrangente e original de todo o conhecimento da humanidade – passado e presente, Oriente e Ocidente – uma síntese das grandes tradições psicológicas, filosóficas e espirituais do mundo.


Samurai Intelectual
Adam Springfeldt da ACNE Paper (2006) entrevista Ken Wilber | Tradução Ari Raynsford

Acne Paper!?! Sim, eu exclamei a mesma coisa quando soube que Ken daria uma entrevista a eles. De acordo com seu site: “Cada edição da Acne Paper é criada em torno de uma ideia-chave – um tema atemporal que, de várias maneiras, toca todos aqueles que trabalham nas áreas criativas, independentemente da idade, origem cultural ou status social. Em uma mistura eclética, porém coerente, de imagem, moda e fotografia de arte, bem como entrevistas, memórias e prosa, a narrativa editorial visa a unir mentes artísticas de todas as gerações. Ela presta homenagem a luminares do passado, embora mantenha um firme controle sobre o presente, evocando algo atemporal e nostálgico, mas revigorantemente moderno. Movendo-se sem esforço entre a alta cultura e a cultura popular, Acne Paper é uma revista glamorosa e inteligente que celebra a personalidade, a autenticidade e o estilo.” A seguir, uma cópia da entrevista a Acne Paper dada por Ken. Aproveitem!

Introdução

Autodescrito como “defensor do Dharma; samurai intelectual”, Ken Wilber criou uma estrutura abrangente e original de todo o conhecimento da humanidade – passado e presente, Oriente e Ocidente – uma síntese das grandes tradições psicológicas, filosóficas e espirituais do mundo.

Ken Wilber nasceu em 1949 em Oklahoma City, EUA. Ele tem um mestrado em bioquímica e um doutorado sem tese em biofísica, e está profundamente imerso na espiritualidade por meio de práticas contemplativas e meditação. Esta combinação de ciência e espiritualidade levou-o a mergulhar nas profundezas da psique humana para desenvolver a Teoria Integral – uma abordagem que vai além do pós-modernismo para formar um modelo completo e integral de compreensão da evolução e do mundo. Ele é um contador de histórias e um cartógrafo; suas histórias abordam questões universais e seus mapas integram várias perspectivas do “Kosmos”.

Aclamado como o “principal pensador no campo da evolução da consciência” pelo jornal alemão Die Welt, em um Fórum Econômico Mundial, Bill Clinton disse: “O que o mundo precisa agora é de consciência integral, como descrita por Ken Wilber em seu livro Uma Teoria de Tudo.”

Seu vasto corpo de trabalho contém ideias aplicáveis a tudo, desde direito, medicina e negócios até arte e psicologia. Seria impossível fazer-lhe justiça nesta muito breve – e, para Ken Wilber, bem rara – entrevista, portanto, considere-a um mero arranhão na superfície:

Em um e-mail, você disse que dá muita ênfase a O Verdadeiro, O Bom e O Belo no Integral Institute e que a estética desempenha um papel muito importante em tudo o que você faz. Você poderia falar um pouco mais sobre isso?

Bem, uma das coisas que realmente aprecio na sua revista é que, como eu estava dizendo, vocês basicamente tentam lidar com todos os três – O Verdadeiro, O Bom e O Belo – e reuni-los sob o mesmo teto, o que considero absolutamente extraordinário. Algo que precisa muito ser feito.

Para ler a íntegra deste artigo, clique no link ao lado: samurai_intelectual

Compartilhar: