O objetivo de uma “psicologia integral” é honrar e abraçar todo aspecto legítimo da consciência humana sob o mesmo teto. Este livro apresenta um dos primeiros modelos verdadeiramente integrativos de consciência, psicologia e terapia. Baseando-se em centenas de fontes – orientais e ocidentais, antigas e modernas -, Wilber cria um modelo psicológico que inclui ondas de desenvolvimento, fluxos de desenvolvimento, estados de consciência e o eu, e segue o curso de cada um do subconsciente para o autoconsciente. superconsciente. Incluídos no livro estão gráficos que correlacionam mais de cem escolas psicológicas e espirituais de todo o mundo, incluindo Cabala, Vedanta, Plotino, Teresa de Ávila, Aurobindo, Teosofia e teóricos modernos como Jean Piaget, Erik Erikson, Jane Loevinger e Lawrence Kohlberg, Carol Gilligan, Erich Neumann, e Jean Gebser. A Psicologia Integral é, até hoje, o sistema psicológico mais ambicioso de Wilber, e já é considerado um marco no estudo do desenvolvimento humano.

“Em uma única publicação, Wilber passa por toda a história da psicologia para criar novas e abrangentes estratégias para a sobrevivência humana no próximo milênio.” —Don Beck, co-autor de Spiral Dyanmics; “A Psicologia Integral é tão abrangente, lúcida e bem redigida que Ken Wilber merece o reconhecimento de ter proposto a ordem conceitual à psicologia do Oriente e do Ocidente”. – Susananne Cook-Greuter, coeditor de Transcendence and Mature Thought in Adulthood.

Publicado pela Editora Cultrix em 2002 (originalmente publicado em 2000).

Compartilhar: