Este artigo trata de um tópico que considero essencial: a natureza do significado linguístico – ou semiótica – e como uma abordagem verdadeiramente Integral muda fundamentalmente a forma de compreendê-lo. Um dos passos básicos é entender que o referente, ou “objeto real”, representado por qualquer signo linguístico, não existe “por aí” em uma realidade única, […]